FOTO CLUBE SANTA CATARINA | BLUMENAU
Estudantes - Conteúdos e Jogos para crianças e jovens fotógrafos Educadores - Conteúdos para o ensino da fotografia, atividades de sala de aula A Fotografia - Tudo sobre fotografia, história, teoria, arte e técnica

Ponto de Cultura

Projeto “Ponto de Cultura – Fotografia para Todos” - Atividades de formação de educadores, crianças e jovens.

 

 

O Foto Clube Santa Catarina agora é Ponto de Cultura.  A entidade foi beneficiada pelo convênio com o Ministério da Cultura e a Fundação Catarinense de Cultura.

 

O projeto Ponto de Cultura Fotografia Para Todos vem realizando ao longo de mais de três anos já, uma série de ações voltadas para a divulgação da fotografia enquanto arte, para formação de olhares críticos e apreciadores e também estimular a produção profissional e artística entre crianças, jovens e educadores.

 

“O projeto surgiu porque percebemos que existe uma carência da prática da arte fotográfica nas escolas, bem como na formação de professores; da falta de oportunidade de qualificação de profissionais para a fotografia profissional; necessidade de descentralizar e expandir a arte fotográfica para fora dos espaços convencionais e da quase inexistência de material de apoio para trabalhar a fotografia em sala de aula”, explica o coordenador pedagógico do projeto e membro do FCSC, Charles Steuck.

 

O QUE É UM PONTO DE CULTURA?

Pontos de Cultura são iniciativas desenvolvidas pela sociedade civil, que firmam convênio com o Ministério da Cultura (MinC), por meio de seleção por editais públicos, responsáveis por articular e impulsionar as ações que já existem nas comunidades.  Atualmente, existem mais de 650 Pontos de Cultura espalhados pelo país, 60 em Santa Catarina e 3 em Blumenau (Foto Clube SC, Teatro Carlos Gomes e Lira Circolo Italiano). O Ponto de Cultura não tem um modelo único, nem de instalações físicas, nem de programação ou atividade. Um aspecto comum a todos é a transversalidade da cultura e a gestão compartilhada entre poder público e a comunidade. Para se tornar um Ponto de Cultura é preciso participar da seleção por meio de edital público – até hoje a Secretaria de Programas e Projetos Culturais do MinC, que coordena o Programa Cultura Viva, já emitiu quatro editais.

 

COMO FUNCIONARÁ O PONTO DE CULTURA FOTOGRAFIA PARA TODOS?

 

O projeto Ponto de Cultura Fotografia Para Todos, aprovado pelo Minc em Convênio com o Funcultural do Governo de Santa Catarina, prevê uma programação dividida em três etapas anuais.

 

No primeiro ano, a equipe do projeto se dedicou a pesquisar e desenvolver conteúdos didático/pedagógicos referentes ao ensino e aprendizado da arte fotográfica. Os conteúdos estão agora aqui disponibilizados para acesso livre na rede mundial de computadores, em um portal dinâmico e de acesso  gratuito, com ferramentas interativas contendo 3 áreas distintas: uma para fotógrafos aprendizes, outra para crianças/jovens navegarem e outra para os professores buscarem material de apoio para o ensino da fotografia na sala de aula. 

 

A pesquisa também resultou em material didático (apostilas) que estão sendo utilizadas nas oficinas realizadas com os professores-multiplicadores.  Além disso, o Foto Clube também está implantando o Kit Multimídia padrão dos Pontos de Cultura – que garante a conexão e interatividade com toda  a rede, adquirindo equipamentos fotográficos e tecnologias que foram e serão utilizadas nas oficinas e estruturando uma Biblioteca com mais de 100 títulos sobre fotografia, arte, estética e assuntos correlatos.

 

Já no segundo ano de atividades, com os materiais e a estrutura adequados, o Ponto de Cultura ofereceu oficinas de fotografia gratuitas para educadores de escolas públicas de Blumenau, Vale do Itajaí, e também algumas cidades de Santa Catarina.  Realiza ainda exposição fotográfica itinerante em escolas públicas de Blumenau e região; seguidas de palestras. E acompanhará os resultados dos trabalhos desenvolvido pelos professores com seus alunos. 

 

No terceiro e último ano do projeto, o do Ponto de Cultura ofertou cursos de qualificação profissional (formando de auxiliares de fotografia), gratuitos, para adolescentes  em situação de risco social, com equipamentos profissionais.  Em parceria com instituições que já atendem a estes jovens, como a ABAM e a Casa da Esperança, capacitando-os para o mercado de trabalho.

 

Outra grande ação será agora no mês de março, o Mês da Fotografia, um evento com diversas ações oferecidas gratuitamente a toda comunidade de Blumenau e Região, como palestras, oficinas, exposições pela cidade, workshops, etc.

 

Entre na página inicial do site e descubra como participar das atividades, todas gratuitas.